Emergência 193

Notícias

INTEGRAÇÃO

Segurança Pública lança Operação Integrada Carnaval Seguro

09/02/2018 - 15:40
Maricelle Lima Vieira - Sesp-MT

A Secretaria de Segurança Pública apresentou nesta sexta-feira (09.02) a Operação Integrada Carnaval Seguro. A apresentação se deu nesta manhã na Arena Pantanal, em Cuiabá. O titular da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), Gustavo Garcia falou sobre o planejamento da operação, que conta com todas as forças de segurança do estado.

O Carnaval movimenta pessoas que vão para os festejos e as que fogem deles. A festa também promove grandes concentrações de público. Em ambas as situações existe a necessidade de garantir a segurança dos cidadãos em condições diferentes da habitual. A segurança nas estradas, nas aglomerações ou das casas que ficarão desocupadas é uma preocupação da Secretaria de Segurança Pública do Estado de Mato Grosso com a Operação Integrada Carnaval Seguro.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel BM Alessandro destaca que o trabalho da corporação começou bem antes, pois o foco é a prevenção.

“Fiscalizamos e vistoriamos todos os locais nos municípios da Baixada Cuiabana e no interior do estado onde haverá programação de festas populares. Um dos critérios foi certificar que os locais comportariam o público estimado. Outro detalhe era se a estrutura montada estava dentro das normas de segurança. Somente após essas verificações os documentos de liberação eram emitidos. O Comandante-geral lembrou que é necessário moderação com o consumo de álcool, não somente para os condutores, mas para evitar o mal estar dos foliões. “A ocorrência mais frequente em locais de carnaval é o atendimento a pessoas com perda de consciência ou mal estar do estômago em decorrência do álcool”, alerta o coronel.

Será intensificada também a Operação Lei Seca com realização de barreiras e bloqueios parciais. Além disso, serão utilizadas câmeras OCR (leitores ópticos de caracteres) que auxiliam no trabalho de verificação das placas de veículos, possibilitando verificar se os automóveis com as placas filmadas são furtados, roubados ou irregulares. 

Nos locais de maior aglomeração a segurança ainda será monitorada pelo Centro de Comando e Controle Móvel. O secretário de Segurança Pública, Gustavo Garcia destaca que a estratégia tem como foco o reforço policial com o emprego de ações de conscientização e repressiva. “O foco é a prevenção primaria, por meio, da conscientização da sociedade com apelo de não beber se for dirigir e brincar o carnaval de forma responsável. A combinação de álcool e direção causa mortes”.

A delegada-geral adjunta da Polícia Judiciária Civil, Silvia Maria Pauluzi, comenta que a atuação da PJC será de reforço nos plantões e nas cidades onde não há delegacias. “Nas cidades com programação de carnaval, exemplo de Acorizal, Santo Antônio de Leverger e Chapada dos Guimarães, será montada uma equipe com delegado, escrivão e investigador que irão lavrar os fragrantes no local, facilitando o trabalho da PM sem precisar descolar as pessoas detidas”.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel PM Marcos Vieira da Cunha, frisa que foi realizado um planejamento técnico, tático e operacional para empregar o policiamento ostensivo. Ele cita que os policiais em serviços administrativos no Comando Geral, cerca de 160, também somam a tropa na rua.

“Trabalhamos de forma preventiva no carnaval. É comum nessa época as ocorrências de roubo, furtos e embriaguez ao volante. A PM enxugou as áreas administrativa para apoiar o policiamento ostensivo geral e garantir mais segurança para os que forem festejar ou estiver descansando”.

O diretor do Detran, Thiago França destaca a integração é mais do que necessária, ela é imprescindível. Ele cita a entrega dos etilômetros que representam fortalecimento da integração e a consolidação do projeto Operação Lei Seca. O que a lei seca proíbe, não é o consumo de álcool, mas sim a combinação perigosa de álcool e volante.

“Nosso trabalho são em duas frentes, a primeira são as ações de conscientização, onde estaremos orientando, abordando e sensibilizando os condutores a uma postura diferenciada no trânsito. A segunda são as ações de fiscalização da operação Lei Seca”.

O diretor da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Reginaldo Rossi do Carmo afirmou que a equipe do órgão estará preparada. “A equipe da Politec estará de prontidão para fazer as perícias necessárias quando for acionada”.

Balanço

Os números das ocorrências registradas durante a Operação Integrada Carnaval Seguro, serão divulgados na quinta-feira (15.02), na Secretaria de Segurança Pública - Sala Multiuso.

 

O CBM MT também está no Facebook e Instagram. Siga-nos!